NOS BRAÇOS DE

V. de Grippe

Nos braços da gripe

© Caters News Agency

Vem com a noite e o frio. Chega disfarçada de gente boa e vestida quase a matar. Porta uma graça invisível e traz o silêncio consigo. Não a oiço, só a pressinto. Deixo-a entrar. V. de Grippe, apanho no ar; à laia de apresentação. Não sei se sonhado se por uma brisa sugerido. O seu aperto é gélido e forte. Não é um convite e sigo-a no escuro no único caminho, o do quarto.

Continuar a ler

À CONVERSA COM:

BILL PORTÕES (GATESCrescimentoBlog)

Depois dos parabéns de Matt WordPress e Sergey Brin, desta feita foi Bill Windows que não quis deixar de me felicitar. Não pelo meu aniversário, nem pela derrota no concurso do Aventar, mas pelo literal abalo sísmico que este pequeno blog lusitano provocou na blogosfera internacional. Oh, e pela qualidade da escrita. Desta nem se fala. É proibido. (Se não leram as anteriores felicitações podem  fazê-lo aqui.)

Continuar a ler