Novidades A Caminho

Para BreveMacXXXX

A vida tem o hábito de se intrometer no melhor dos planos… e assim aconteceu. Apesar disso, espero retomar o normal funcionamento do blogue, ao mesmo ritmo irregular de sempre. Ou talvez não. Eu explico, é que havendo tempo as ideias já existem.

Hackintosh Para Todos

Há mais de um ano que estou sem máquina fotográfica, o que me impossibilita de fazer novos tutoriais sobre hackintosh (mas já estou a tratar de arranjar outra). Mas hei-de contar-vos como eu e o Kyzaam, que conheci através do blogue, fizemos um CustoMac (GigaByte) em Mar/2013. Passado um ano repetimos a experiência, reconfigurei devidamente a bios e o ssd (sem tutoriais de terceiros), e acabámos com um hackintosh que, depois do “Chameleon” carregar, está na Secretária pronto a trabalhar em 6,5 segundos.

Continuar a ler

Hackintosh e os Problemas de Instalação

Os Mais ComunsHackintosh Problemas

Todos os dias vêm aqui parar pesquisas sobre os problemas da “tela/ecrã da maçã”, teclado, não arranca sem cd/pendrive e outros problemas típicos da instalação de um hackintosh. As respostas a estas e outras questões estão espalhadas pelos vários fóruns da comunidade hackintosh. Os fóruns estão mais vocacionados para responder a questões específicas sobre estes assuntos. E sabem muito mais do que eu.

Continuar a ler

CONTROLAR O MAC

Slide1A Partir De Outro Computador

Tenho, no meu “laboratório informático”, uma rede híbrida constituída por Mac OS 10.8.3 (hackintosh = mac dos pobres), Debian GNU/Linux, Ubuntu, Edubuntu, OpenSuse, Superb Mini Server, CentOS num servidor HP Proliant G4 e, muito ocasionalmente, Windows 7. O windows 8 só mesmo em ambiente virtual. Não conto aqui as instalações virtuais.

Estes computadores não funcionam todos ao mesmo tempo, mal de mim, com a conta da electricidade a subir que nem um balão perdido. Mas quando estão ligados, é muito pouco prático andar a correr atrás do switch kvm, isto se o computador em questão tiver monitor, o que nem sempre é o caso. É, então, prática comum ter um servidor VNC a correr nalgumas destas máquinas, a par com SSH. Neste caso precisei de aceder remotamente ao Mac, por isso activei o servidor SSH e VNC que vêm, de origem, com o Mac OS X.

Continuar a ler

ESTÁ FARTO DE OLHAR SEMPRE PARA O MESMO PC?

MUDE O ASPECTO DA CAIXAPersonalizar caixa pc 1

Naquele dia decidi passar pelo “Bazar do Chinês”, depois de beber o café. Estava farto de olhar para a caixa daquele velho computador que me deram, toda riscada com as cicatrizes das suas batalhas diárias. Vindo do café passo no bazar e procuro rolos de papel autocolante. Acabei por trazer vários, incluindo um cromado. O papel autocolante é barato e mais fácil de aplicar (depende do papel) do que tinta.

Continuar a ler

HACKINTOSH E BENCHMARKING

Cinebench ScoreBENCHMARKING

O que é benchmarking? Basicamente, é a forma de medirmos a performance do nosso computador. Através de vários testes, que variam com o programa utilizado, é medida a prestação dos diversos componentes. As prestações do processador, memória, placa gráfica e disco rígido são devidamente quantificadas. Com todos estes valores é, então, encontrado um valor numérico final. Este valor vai permitir-nos comparar o nosso computador com outros semelhantes. Isso é importante a vários níveis, como iremos perceber. Performance esperada, problemas com o pc, avaliar a eficácia de alterações e overclocking são questões às quais o benchmarking dá resposta.

Continuar a ler

HACKINTOSH: INSTALAÇÃO

O QUE É HACKINTOSH?

(EDITADO e ACTUALIZADO a 28.5.2013 – DESLIGUE O CABO DE REDE ANTES DE COMEÇAR A INSTALAÇÃO.)

(Actualização 16.5.2014 – o nosso colega Oscar Zani enviou-me este email com informações interessantes para todos nós. Fica para todos lerem.

Sou conhecido no Brazil e exterior como OSCAR ZANI, tenho 56 anos, minha formação superior, Radialista, Jornalista e TI Gostaria apenas de dizer que sou contra a pirataria, tanto que tenho um Mac instalado no meu Pc funcionando perfeitamente e comprei o Dvd original na Apple Computer do Mac Osx Leopard 10.6.3, tem muitas pessoas, sem ofender ninguém, que ainda diz Hackintosh, Segundo as leis americanas se você compra o Dvd original da Apple, eles são obrigados a dar suporte mesmo que instalado em um Pc. Sonhos Digitais por favor vamos somar nossos conhecimentos e informar a todos que querem instalar um Mac em um Pc, que estamos protegidos pelas leis Americanas.)

(Se não leu o primeiro artigo, em que explico o que é hackintosh, pode fazê-lo aqui.)

Este tutorial destina-se à instalação de um hackintosh numa motherboard Asus P7H55D-M Pro.

Tudo começou com as habituais viagens pela net. Daquelas sem destino por florestas digitais desconhecidas. Mas não das virgens. Essas, dizem-me, já não as há. As florestas, é claro. Conheço o projecto OSx86 talvez desde o início, quando as distribuições começaram a multiplicar-se na net. Na altura experimentei, com pouca preparação e nenhuns resultados. Desde então tenho, regularmente, deitado um olhito a estes projecto.

Logo do fórum tonymacx86

E foi o que fiz há dias. Vendo que as coisas tinham avançado bastante, decidi investigar. De repente, e para variar, até parecia que o meu próprio pc era um potencial candidato. Um processo super trabalhoso e mal documentado (ou demasiado documentado), daqueles que dão vontade de arrancar os cabelitos da careca…do vizinho. Sem dúvida um projecto para mim. Este é o relato da minha hipotética experiência. Documentei as minhas alegadas aventuras em terras do hackintosh e partilho-as aqui convosco.

Não programei nem criei o processo, por isso não se esqueçam: não matem o mensageiro. Euzinho aqui sou só o mensageiro. Mas agradeço a todos os intervenientes neste processo, que permitem que pessoas em início de carreira, ou formação, possam ter um hackintosh até terem dinheiro para comprar um Mac.

Este tutorial é baseado no método “iBoot + MultiBeast”, do tonymacx86, que pode ser visto aqui e neste tópico do mesmo blog. Destina-se à instalação da versão 10.6.3 do Mac OS X, Snow Leopard. Testei e compilei as dicas úteis que encontrei aqui e noutros sítios. Depois traduzi, fotografei e “personalizei” a instalação para correr neste hardware, com um mínimo de passos e esforço. Comecei às 10h da manhã do dia 1 e acabei às 2 da manhã do dia 2 com um hackintosh funcional mas sem arranque (boot) “automático”. No processo tive de, inclusivé, trocar a unidade de dvd-rom do pc.iBootPlusMultiBeastLogo

Este fim de semana fiz tudo outra vez e registei tudinho para não cansarem essas cabecinhas. Destina-se a uma instalação que use componentes iguais ou idênticos aos descritos neste tutorial. Nesta lista de compatibilidade de hardware, do Projecto OSx86, podem ver a compatibilidade da vossa motherboard, por marca, modelo e versão de BIOS. O método “iBoot + MultiBeast” (2010), feita a tradução, é descrito como:

“…concebido e testado para funcionar em qualquer pc de secretária ou portátil com processador Intel Core i3/i5/i7. Há relatos de funcionamento com processadores CoreDuo, Core2Duo e até Pentium 4. No entanto, os processadores AMD não são suportados por este método…”

Continuar a ler

HACKINTOSH – PREPARAR A INSTALAÇÃO

Muito em breve vamos apresentar um tutorial, passo a passo e ilustrado, sobre a instalação hipotética de um hackintosh. Isto é só para abrir o apetite e poderem preparar-se para este projecto. Convém ter um disco rígido sata disponível, pronto para ser apagado.

Este tutorial só é válido para esta configuração de hardware, mas deve funcionar com outras motherboards Asus com o mesmo chipset, H55. O hardware é o que se segue:

  • Placa-principal (motherboard):           ASUS P7H55D-M Pro
  • Processador:                                   Intel® Core™ i3-530 Processor  @ 2.93 GHz
  • Memórias:                                       Kingston DDR3  1066MHz 12GB
  • Placa-gráfica:                                  ATI 5750 1024MB

Material necessário:

  • 1 CD virgem para gravar iBoot última versão;
  • Versão original do Mac OS X 10.6.3 “Snow Leopard” sem mexidelas nem hacks;
  • Mac OS X 10.6.8 Update Combo v1.1    disponível aqui
  • Muita, muita e mais um pedação de paciência;
  • Determinação em grandes doses;
  • Saber mexer no interior do seu pc.

Continuar a ler