Carta Aberta ao Presidente da Bolívia

Pedido de Desculpascarta aberta

Caro Senhor Presidente do Estado Plurinacional da Bolívia,

Senhor Juan Evo Morales Ayma;

Quero pedir-lhe desculpas pelas acções do governo português, em relação ao seu voo. Este é um governo zombie que já nasceu morto mas que, por falta  de carácter, esqueceu-se de se demitir. Este governo não é representativo do povo português nem nunca o foi e está, seguramente, tão distante do povo português como perto do seu dono americano.

Por favor encontre no seu coração a generosidade para desculpar o povo português. Não os seus governantes. O povo não foi consultado em relação a ser uma colónia americana. Nem o povo portugês jamais aceitará ser lacaio dos interesses americanos. Mas o nosso governo, a quem falta uma espinha dorsal, parece já se ter prustituído, há muito, a tais interesses.

Lamento a revista ao seu avião, por parte das autoridades austríacas. Foi uma pobre demonstração da soberania austríaca (ou devo dizer americana?) contra a soberania da Bolívia.

Quero sinceramente dizer-lhe que, pessoalmente, o considero um dos melhores entre os melhores. E que o mundo precisa de mais Homens como o senhor.

Respeitosa e cordialmente, de um Portugal amigo,

SonhosDigitais

NOTA: Esta carta foi por mim enviada para várias embaixadas e consulados bolivianos, ao redor do mundo. No email assino com o meu nome verdadeiro e nº. do CC.

Aqui fica a lista dos contactos para as ditas embaixadas bolivianas.

Há imensas iniciativas, como esta, por toda a net. Se concordam não fiquem inertes, a ver televisão ou a passear no FezesBook. Mexam-se e façam ouvir a vossa voz, esse é o verdadeiro poder da internet e este um exercício de cidadania global.

Outra iniciativa no https://www.facebook.com/RiseupPortugal

Anúncios

5 comentários a “Carta Aberta ao Presidente da Bolívia

    • JoSiKi;
      Tens toda a razão. Passei-me com a cobardia dos muito grandes contra os isoladamente pequenos. Ainda ando passado com a cena do Snowden e da violação dos nossos direitos, é um ataque à “cidania global” de que fazemos parte nesta tecnosfera. Ando com cinco sapos enfiados onde um já passa estreito. Nunca tive ilusões a respeito da privacidade na web, parece que até “os” sinto a respirarem-me no pescoço. Mas, apesar de não ter ilusões, nunca calculei de tal tamanho a violação ao Artº 12 dos Direitos Humanos. Abraço e obrigado por leres. Manda sempre.

      SonhosDigitais

Os comentários estão fechados.