TrueCrypt (3ª Parte)

CUIDADOS A TER/PERDA DE DADOSTrueCrypt logo

Este artigo/tutorial não dispensa a leitura do “Help” (Ajuda) no menu do programa, nem do manual da aplicação. O risco é de perda de dados, os seus dados. Depois de guardar os ficheiros, num volume encriptado, deve apagar os originais. Antes de os apagar faça vários testes para garantir que tudo está a funcionar bem. Vamos, então, criar o primeiro disco virtual encriptado.

DICAS SOBRE PALAVRAS-PASSE

Antes de metermos as “mãos na massa” vamos pensar um pouco sobre palavras-passe ou passwords. Devem conter MAIÚSCULAS, minúsculas, 159875 e “#$%& e um mínimo de 10 caracteres (dos mínimos, deviam ser 20). Não se esqueça da palavra-passe escolhida, acontece quando não a usamos durante algum tempo. Se se esquecer, mas tiver uma ideia do que é, pode ser que consiga recuperá-la com um programita cujo nome não me lembro. Escreva-a (os prós da segurança não aconselham) num papel mas não o cole na parte de baixo do teclado. Podem usar-se frases com espaços, e números em vez de letras, “a olh4r PARA o b0n3cO” é um exemplo válido.

CONFIGURAR UM DISCO VIRTUAL ENCRIPTADO

  • 1)- Depois de abrir o TrueCrypt clique em “Create Volume” (Imagem 1);
Criar Volume Virtual 1

Imagem 1

  • 2)- Somos confrontados com 3 opções. Escolha a opção que deseja e clique em “Next“ (Imagem 2);
TrueCrypt escolher volume virtual

Imagem 2

  • 3)- Escolha o nome do ficheiro (para o computador é apenas um ficheiro) e o sítio onde o quer guardar (Imagem 3);
TrueCrypt localização do Volume

Imagem 3

  • 4)- Quando confrontado com o ecrã em baixo escolha o ficheiro que acabou de criar. Se escolher outro ficheiro, como o programa parece indicar, vai “esmagar” o ficheiro que escolher, sem qualquer aviso (Imagem 4);
TrueCrypt Volume location 2

Imagem 4

  • 5)- Aceite os valores por defeito e clique em “Next” (Imagem 5);
TrueCrypt opções de encriptação

Imagem 5

  • 6)- Defina o tamanho do volume a ciar (Imagem 6);
TrueCrypt tamanho do volume

Imagem 6

  • 7)- Defina a palavra-passe (password), tendo em mente aquilo que já leu (Imagem 7);
TrueCrypt PASSWORD do VOLUME

Imagem 7

  • 8)- Aqui pode manter os valores por defeito ou formatar o novo volume como “NTFS”. É-lhe pedido que mexa o rato, dentro da janela da aplicação, de forma o mais aleatória e imprevisível que for possível, e durante algum tempo. Este movimento do rato faz parte do processo e é usado por algumas aplicações na área da segurança. Quando estiver satisfeito, clique em “Format” (Imagem 8);
TrueCrypt formatação do  volume

Imagem 8

  • 9)- No fim será brindado com esta mensagem (Imagem 9);
TrueCrypt primeiro volume

Imagem 9

UTILIZAÇÃO DOS VOLUMES TrueCrypt

  • 10)- Vamos testar e ver se o o nosso disco virtual funciona bem.
  • 10.1)- Abra o TrueCrypt e seleccione uma letra onde montar o volume criado;
  • 10.2)- Clique em “Select File” e escolha o ficheiro/volume que acabou de criar;
  • 10.3)- Com estes três passos cumpridos, clique em “Mount” (Imagem 10);
TrueCrypt utilização de volumes

Imagem 10

  • 11)- E forneça a tão importante chave do nosso cofre, a palavra-passe (Imagem 11);
TrueCrypt utilização de volumes 2

Imagem 11

  • 12)- Se a palavra-passe estiver correcta o volume aparece montado. Na janela do TrueCrypt (GUI ou Graphical User Interface) passam a ser visíveis as características do volume (Imagem 12);
TrueCrypt montar volumes

Imagem 12

  • 13)- Se dermos dois cliques em cima do volume montado, este abre-se no “Explorador do Windows“. Aqui podemos copiar, colar ou apagar ficheiros como fazemos com qualquer pasta, partição ou flahdrive USB. Repare na letra que representa o volume montado, “X:\” neste caso (Imagem 13);
Imagem 13

Imagem 13

  • 14)- Depois de terminar o trabalho no volume TrueCrypt, deve sempre desmontá-lo para que os dados passem a estar encriptados, logo protegidos. Depois de fechar o “Explorador do Windows” retorne à interface da aplicação e clique em “Dismount” (Imagem 14).
TrueCrypt desmontar volume

Imagem 14

E POR HOJE É TUDO

Já vimos que para proteger os nossos dados não temos que gastar nenhuma fortuna. Nem tirar um curso especial. Agora que têm a informação, usem-na. Protejam aquilo que é vosso, mais ninguém o fará.

Até sempre;

SonhosDigitais
Anúncios