HACKINTOSH

Hackintosh project photoO QUE É?

A palavra Hackintosh é o resultante da junção das palavras hack + macintosh = hackintosh e serve para descrever um pc a correr o sistema operativo Mac OS X. Macintosh, ou Mac, é o nome por que são conhecidos os computadores pessoais comercializados pela empresa norte-americana Apple. Não consegui descobrir quando é utilizado o termo hackintosh pela primeira vez.

Este projecto consegue instalar o sistema operativo Mac OS X em pc’s Intel. É um processo que facilmente se torna difícil, muito demorado e apenas recomendado a utilizadores com à vontade para mexer nos interiores da sua máquina. Nem todo o hardware é compatível, longe disso, e os métodos e ferramentas utilizados diferem consoante o hardware em que se pretende fazer a instalação. As motherboards preferidas (placas-principais, em Português), por serem mais compatíveis, são as Gigabyte e as Asus em segundo lugar.

COMO APARECE?

Em Junho de 2005, na Worldwide Developers Conference, a Apple confirma os rumores e anuncia o abandono dos  processadores IBM PowerPC (ou PPC) até então utilizados nos seus computadores pessoais. A partir de 2006, a Apple passará a usar os processadores da Intel, mais acessíveis, nos seus computadores pessoais. Os processadores da Intel têm uma enorme fatia do mercado de pc’s ou personal computers (computadores pessoais).O seu próprio pc terá, de certeza, um processador Intel ou AMD (no âmbito deste tutorial não iremos focar os processadores AMD).

O anúncio da Apple demonstra que, o tão apetecível sistema operativo Mac OS X, será compatível com os processadores Intel. Quem sabe, compatível até com os próprios pc’s Intel, computadores mais acessíveis e expansíveis do que os Mac. Esta compatibilidade é, desde logo, impossibilitada pela Apple através de mecanismos internos no sistema operativo Mac OS X, bem como por mecanismos legais. Para dificultar ainda mais o processo estas máquinas utilizam a plataforma EFI (Extensible Firmware Interface) em vez das antigas BIOS, então utilizadas na maioria das placas-principais x86.

Quase de imediato nasce o projecto OSx86 (de Mac OS X mais x86), com o objectivo de instalar e correr o Mac OS X em plataformas Intel. Este projecto é um esforço internacional e rapidamente apresenta resultados. Em Janeiro de 2006 dá-se o lançamento do Mac OS X 10.4.4 com os primeiros Mac’s baseados em Intel. Passado pouco mais de um mês é disponibilizado na net, por um programador de pseudónimo crg92, o hack inicial. Desde então nunca mais esta comunidade parou, sucedendo-se métodos, patches, distribuições e ferramentas diversas. Tudo distribuído através de sites, fóruns, antigo emule e torrentes.

Alguns dos participantes como tonymacx86 e MaLd0n chegam a ter muitos milhares de posts nos seus fóruns. MaLd0n, de nacionalidade Brasileira, é uma pessoa de uma disponibilidade rara, sempre pronto para ajudar outros com o seu vasto conhecimento e experiência. Tanto o seu fórum como o de tonymacx86 são de passagem obrigatóriahttp://olarila.com e http://www.tonymacx86.com. Se quiser saber mais sobre a evolução de todo este processo poderá ler aqui. Apesar de vibrante e participativa esta comunidade parece-me bastante desorganizada, com  informação e ferramentas espalhados por diversos fóruns de registo obrigatório. No entanto, parece que os sucessos das instalações de hackintosh’s se multiplicaram desde 2010.

ASPECTOS LEGAIS

De certeza que a Apple não gastou milhões de dólares em desenvolvimento e marketing para nós podermos comprar, pela net, uma versão do Mac OS X e  instalá-la no primeiro pc disponível lá em casa. Posso dizer-vos esse tanto sem consultar um advogado. A sua EULA (Acordo de Utilização pelo Utilizador Final) refere que o OS X só pode ser instalado em produtos marcados como Apple. O que define um produto marcado como Apple? A imagem duma maçã ratada na caixa? Um autocolante da Apple serve? Um stencil feito por mim?

Adiante, não foi assim que a Apple fez todos os seus milhões em produtos de valor inflacionado. Nós também não queremos privar a Apple dos seus milhões.Mas dar uma hipotética voltinha num hackintosh construído por nós tem um som de desafio. Isso, sim, queremos. Fazer um test drive a este s.o. bonitinho, baseado em Unix.

Houve várias empresas processadas pela Apple por tentarem comercializar hackintosh’s ou similares. No caso dos particulares parece haver uma zona legal pouco clara sobre os direitos do “Utilizador Final”. Pelo menos na legislação dos EUA. Em Portugal, se quiser fazer um destes “bichinhos”, e usá-lo comercialmente, está por sua conta e risco. A menos que consulte um advogado. Se assim for, informe-nos.

PERFORMANCE

A forma de quantificarmos a performance dos computadores faz-se através dum processo chamado benchmarking. Existem várias aplicações de software para este fim, em que são medidos diversos parâmetros do funcionamento interno do computador. Neste caso o objectivo é comparar a performance do Mac OS X a funcionar num Mac e o mesmo sistema operativo a funcionar num pc de marca branca (ou outra). É necessário dois computadores com especificações técnicas o mais semelhantes possível, tanto em hardware como em software.

Na ausência do meu Mac Pro não tenho como comparar a performance entre um Apple e um pc. Mas isso não irá impedir-nos. Esta é uma questão muito pertinente, senão essencial, neste processo. Será que vale a pena toda esta trabalheira? Ou vamos acabar com um pc coxo a tentar ser o Usain Bolt dos pc’s? Iremos analisar esta questão num próximo artigo. Mesmo sem benchmark, posso dizer-vos que o meu hackintosh demora 59:20 segundos desde carregar no power a ver uma página na net. Encerrar ainda é melhor com 6:30 segundos. E esta? Sem hem…

Links relevantes

hackintosh.com           Hackintosh.org            HackintOsh.org (são diferentes)   iATKOS Project

InsanelyMac             Tonymacx86 Forums             Kakewalk Forums              AppleCentral Hacks

InfiniteMac                      AquaMac                      http://olarila.com                  netkas.org

Na segunda parte vamos mostrar, passo a passo, como poderá, hipoteticamente, instalar o Mac 10.6.3 Snow Leopard numa placa-pricipal Asus P7H55M-Pro.

SonhosDigitais
Anúncios

Um comentário a “HACKINTOSH

Os comentários estão fechados.